Fabrício Sanfelice

A adolescência socialista grega – está na hora de amadurecer

11721320_942104259145400_1168410951_n

“Um homem que não seja um socialista aos 20 anos não tem coração. Um homem que ainda seja um socialista aos 40 não tem cérebro.” -Georges Clemenceau

Imagina que você pegasse cem reais emprestado com um amigo para poder investir e aproveitar algumas mordomias que, com o seu próprio trabalho, não conseguiria.

Porém, você não é um bom investidor. Você é cético quanto aos conselhos dos seus amigos investidores e também um “bon vivant”, acostumado a se virar com as ajudas e empréstimos aqui e ali dos seus amigos, sempre com a promessa de os pagar futuramente. Ao invés de procurar um investimento com retorno mais seguro ou seguir a diretrizes que os seus amigos que são especialista na área lhe deram, você prefere arriscar, torrando esse dinheiro com luxos e benesses individuais, sem se preocupar como iria produzir para pagar seus apoiadores… E já que o seu amigo que emprestou o dinheiro é rico e você sabe que pode pedir de novo (sem nem ter pago o primeiro empréstimo), você gasta sem se importar com o amanhã.

Entretanto o amanhã chega e, aqueles mesmos amigos que lhe emprestavam, agora resolvem cobrar as suas dívidas, visto que não estão em condição financeira tão confortável e que você não sabe aplicar o que lhe é emprestado, tão pouco se importa em pagar o que deve.

Os seus amigos começam a exigir garantias pra lhe emprestar mais dinheiro e pedem que você mude o seu padrão de vida até quitar todas as suas dívidas, pois vocês fazem parte do mesmo círculo de amigos (UE) e, não pagando as suas dívidas, afeta a vida dos outros amigos que também têm dívidas próprias a pagar e dependem do retorno daquela grana que te emprestaram e que contavam que um dia fosse ser quitada.

Porém, agora chateado com as cobranças dos seus amigos e com a mesma cabeça dura de sempre, você resolve anunciar que não mais os pagará e que não anda mais com aquela gente “que só pensa em dinheiro”, que são um bando de exploradores. Você mantém o mesmo padrão de vida, utilizando os escassos recursos que foram produzidos com o árduo suor do trabalho dos seus pais (e por pais entenda-se população). Mas amigo, as pessoas falam, e aqueles amigos que você não queria pagar, espalharam a notícia que você é um mal pagador, que dá calote e não sabe fazer concessões nem economizar, falam que emprestar dinheiro pra você é um risco muito grande, porque só quer consumir e gerar bem estar próprio ao invés de produzir e poupar para pagar seus credores.

Então, pouco a pouco você se vê mais isolado, seus pais cansam de lhe dar dinheiro e não verem retorno, seus amigos também não estão mais ali e, com esse nome sujo, nenhum banco arriscaria a vida para te salvar.

Então, é nesse momento que é necessário se posicionar e tentar entrar na vida adulta. Começar a trabalhar e produzir de verdade, pagar as suas dívidas, economizar o seu dinheiro e saber que a vida não é só prazer e bonança, é muito trabalho duro pra sustentar qualquer tentativa de bem estar.

A Grécia talvez esteja na sua adolescência, ainda com aquele pensamento bobo de que o socialismo pode funcionar e de que poderão viver eternamente com o dinheiro dos outros. Porém, está na hora de amadurecer, de olhar para o mercado e abrir as suas portas pra ele, deixar para trás dogmas esquerdistas que apenas atrasaram a sua vida e constatar, de uma vez por todas, que o capitalismo, na sua forma mais pura e simples, com pouco estado e muita ação dos indivíduos, é a solução.

A fase de universitário de esquerda da Grécia está acabando. Está na hora de se portar como adulto e entrar no mercado de trabalho.

Anúncios

Categorias:Fabrício Sanfelice

Tagged as: ,

1 reply »

  1. não, cara, que loucura

    que coisa absurda

    tudo aí que você disse é burrice, burrice

    você fala de uma maneira burra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s